07 julho 2009

Peter Greenaway

Os filmes que assiti do Greenaway sempre me inspiraram muito no entendimento da linguagem do cinema. O "Prospero's Books" e o "The Cook, the Thief, His Wife & Her Lover" são belos, complexos e poéticos.

Nessa entrevista feita em São Paulo em 2007, pelo Philippe Barcinski para a revista Bravo, ele expõe sua posição de cineasta, a abordagem temática e define seu foco como diretor, em uma conversa rápida.

Um comentário:

sobreofim disse...

ótima dica, romão!

engraçado. ando incomodado com a palvra ilustração há tempos. e não conseguia explicar. tá tudo ali.
valeu, cara!
abraço